Ele não é tudo isso

E aí acabou. Dessa vez, não por sua vontade. Ninguém começa uma relação pensando em terminar, né? Logo essa que parecia que iria durar, sei lá, pra sempre ou quase isso. Mas não. E te doeu lá no fundo, fez com que você se sentisse a pior das criaturas, fez lágrimas molharem o seu rosto, fez as suas calças jeans ficarem largas, fez sua imagem no espelho parecer abatida, fez você se culpar, fez o mundo parecer sem graça, fez você detestar aquela música, fez muitas outras coisas ruins. Mas a pior delas: Fez você sentir falta de alguém que nunca existiu.

Sim, menina. Isso mesmo que você acabou de ler. Esse cara tão fofo, lindo, charmoso, estrategicamente teimoso, mega inteligente, com sorriso mais encantador de todos, cheiroso mesmo após 2 horas de academia, com hálito de menta logo depois de horas de sono com a boca aberta e todo o resto que a perfeição não define não era quem você dividiu o colchão até uns dias atrás. Eu te entendo. Isso é super normal. A saudade faz o passado parecer mais bonito do que realmente foi, faz o presente ter cara de mais difícil do que é e faz do futuro tão assustador quanto o valor do dólar. 

Quer que eu te mande a real mesmo? Assim na lata? Ele não é tudo isso. Pronto, falei. Me desculpa, tá? Eu sei que não adianta tanto eu te dizer isso agora. Você ainda vai sofrer um bocado por esse fim que foi a obrigada a deglutir e te causou essa má digestão demorada e chata. Mas esse choque de realidade é necessário pra você dar o primeiro passo: Não continuar engolindo algo que te faz tanto mal. Sabe o que você está ingerindo todos os dias ao se alimentar apenas de lembranças boas? Ilusão. E essa, vou te dizer, não há enzima que consiga dar jeito. Então, menina, corta logo da sua dieta. 

Se você fizer um esforcinho aí vai lembrar que nem tudo foi tão incrível como parece. Aposto o dinheiro que nem tenho que teve muitos momentos chatos nesse seu relacionamento aí. Talvez ele tenha te magoado algumas vezes, talvez ele era meloso e carente demais, talvez já tenha sido um ogro, talvez tenha flertado com a fulaninha do Instagram, talvez exagerava no ciúme, talvez foi motivo dos seus choros e desconfianças, talvez não era sociável – ou era em demasia, talvez fazia drama por tudo, talvez não combinava tanto assim com você, talvez não gostasse de cachorro, talvez tinha planos que não se encaixariam aos seus, talvez era muito lerdo, talvez não prestava atenção como deveria nas DRs, talvez era irritante ou certinho em excesso, talvez não entendia seus dilemas, talvez só queria fazer as mesmas coisas, talvez bebia incansavelmente, talvez se achasse muito, talvez tenha te afastado dos amigos, talvez não te tratava como você merecia, talvez era um baita inseguro, talvez vocês brigavam mais do que se davam bem, talvez nem era tão bonito assim e, o mais provável, talvez não te amasse… Mas calma, de tantos ‘talvez’ ditos, tenho uma certeza: Ele não é tudo isso. Se ainda assim você achar que é, tenho outra certeza: Você não ficou tempo o bastante pra descobrir que não, ele não era.

Para de se culpar, achar que fez algo de errado. É claro que você deve ter cometido erros, mas se acha mesmo que cometeu falhas graves é mais um motivo pra aprender que essa história está com uma carga pesadíssima para os dois carregarem e que vale mais a pena cada um começar outra do zero sem ressentimentos, sem frustrações, sem passado. No seu caso, a primeira terá que ser com você, lá depois com outra pessoa. Que talvez, como ele, nem seja tudo isso, e é até bom que não seja porque você terá que ser tudo isso também de volta, entende? E isso exige tempo, dedicação, vontade e amor.

Agora vai lá, se olha no espelho, lava o rosto, respira fundo e entenda que se hoje você não é tudo isso pra ele, então, ele nunca mais deve ser tudo isso pra você também. Passa aquela sua máscara de cílios que não é à prova d’água e me prometa que dessa vez não irá borrar. 

Quer saber? Ele não era tudo isso… Vocês não eram.

(Jessica Delalana)

* Esclarecimento: A imagem utilizada no post não é de minha autoria. Na presença de qualquer problema relacionado aos direitos autorais, favor entrar em contato.

Comentários