Ela, bela

Muitas são bonitas e lindas. Poucas são como ela, bela.

Bela quando derruba o copo cheio vendo TV na sala. Bela quando sai correndo porque esqueceu a toalha.

Bela quando diz na lata que não gosta do seu filme preferido. Bela quando diz pro mundo que seu futuro nunca se resumirá a um marido.

Bela quando nega em palavras o que sente. Bela porque seu olhar jamais mente.

Bela quando recebe aquela mensagem e sorri. Bela quando por alguma preocupação demora pra dormir.

Bela porque encanta sem precisar de um decote. Bela porque nem se esforça pra que alguém a note.

Bela quando gagueja ao apresentar o trabalho que sabe de cor. Bela quando cria um laço no meio de tanto nó.

Bela quando o nariz coça pela rinite. Bela quando tenta tudo que te irrite.

Bela quando pega o chinelo e mata aquela barata. Bela quando chora em meio a esse mar de corações de lata.

Bela porque vive com roxos por ser desastrada. Bela porque ama admirar pelo vidro a estrada.

Bela quando demora pra se apegar. Bela quando o tempo passa e, enfim, se permite gostar.

Bela porque tem seu próprio estilo. Bela porque te disse que blueberry é o mesmo que mirtilo.

Bela quando se esforça pra fazer o melhor. Bela quando confia e te mostra todo o seu pior.

Bela quando ignora vários interessados pra viver uma história de cada vez. Bela quando consegue ser grande dentro de sua pequenez.

Bela quando é lenta pra se soltar. Bela porque ao sentir segurança te ensina a voar.

Bela quando passa o sábado de pijama caçando algo no Netflix. Bela quando ensaia no chuveiro o que vai dizer e não diz.

Bela porque tem pouca paciência e muito assunto. Bela porque é mais essência e se não está perto, continua junto.

Bela quando seu toque causa nela um arrepio. Bela porque fica corada após seu elogio.

Bela porque não é fã de balada. Bela porque prefere bom papo do que cantada.

Bela quando demora pra se arrumar. Bela quando pronta te faz suspirar.

Bela quando lembra com detalhes de tudo que proferiu. Bela porque nem lembra o que você vestiu.

Bela quando tenta te explicar o que pensa e complica ainda mais. Bela quando vez ou outra fica quieta demais.

Bela porque não aceita nada menos que merece. Bela quando insiste mais porque disso se esquece.

Bela porque não sabe dançar. Bela porque adoraria, mesmo assim, te ver chamar.

Bela porque discute, mas não baixa o nível. Bela porque é assim mesmo… incrível.

Bela porque não admite gostar pra te assistir argumentar. Bela quando faz massagem e te acha lindo falando bobagem.

Bela quando não mostra o que sente. Bela porque apesar de tudo, ainda é um tanto inocente.

Bela porque parece toda certinha. Bela porque escolhe com quem deve perder a linha.

Bela porque não precisa de uma metade. Bela porque é boa demais pra essa cidade.

Bela quando vê aquele casal enrugado e imagina se um dia será assim. Bela quando acorda e diz ‘espírito de trouxa, sai de mim’.

Bela quando desperta e decide continuar na cama. Bela até quando ela reclama.

Bela porque sempre teve juízo, mas não liga de perdê-lo com quem quiser – MESMO – ir ao paraíso.

Bela porque não vai querer te controlar. Bela porque tampouco irá te enrolar.

Bela porque consegue ser tímida e extrovertida. Bela porque descarta a noite chique pela divertida.

Bela porque construiu uma muralha em volta do peito. Bela porque quer mesmo que alguém venha quebrando tudo de jeito.

Bela porque não vai te falar tudo, mas não irá nunca fingir. Bela porque vai te apoiar ao invés de impedir.

Bela porque se faz de fria. Bela porque, no fundo, é tão quente que te queimaria.

Bela porque não consegue ser puxa-saco. Bela porque não é dessas que engole sapo.

Bela porque sabe que tem muito a melhorar. Bela porque não esquenta se você estiver disposto a ensinar.

Bela porque teima somente pra te ver insistir. Bela porque é um bom motivo pra sorrir.

Bela porque é mulher de verdade. Bela porque não aparenta a idade.

Bela porque se faz de emburrada quando nem está chateada.

Bela porque se embola no edredom e liga o ar. Bela porque é uma ótima razão pra você tentar.

Bela porque guarda memórias e joga fora mágoas.

Bela porque sonha acordada. Bela porque adora a madrugada.

Bela porque quer amar, mas alguém que consiga parte do seu mistério desvendar.

Bela porque ainda é tão menina. Bela porque toparia ir de mãos dadas até a China.

Bela porque nunca quis um príncipe, nem uma fera. Bela porque quer mesmo é ser dona da vida dela.

Bela porque se tiver alguém que seja esperto pra ver que ela… é Ela. Ah, é ela.
(Jessica Delalana)

* Esclarecimento: A imagem utilizada no post não é de minha autoria. Na presença de qualquer problema relacionado aos direitos autorais, favor entrar em contato.